Clique sobre a revista para folhear
Receba nosso boletim
Busca
Enviar por E-mail
Comente
Imprimir
Imprimir
 
Compartilhe:
 
Projeto desenvolvido por Santa Cruz do Sul une saúde, educação e cidadania através da leitura
Foto: Divulgação/PMSCS
Atividades como a contação de histórias são promovidas pelo projeto. Na foto, mães e filhos assistem atentos ao momento lúdico no ESF Bom Jesus



A Secretaria de Saúde (SMS) de Santa Cruz do Sul, por intermédio do programa Primeira Infância Melhor (PIM), da Secretaria de Saúde do Estado, desenvolve desde 2010 um trabalho intersetorial na prevenção da violência e no desenvolvimento da cidadania de crianças entre zero e seis anos. O projeto, batizado de PIM Canguru, consiste na aprendizagem destes temas por meio da utilização de livros, e está presente em três comunidades do município, sensibilizando mais de cem famílias para a importância dos primeiros anos de vida de uma criança em sua formação como cidadão.

A coordenadora do PIM de Santa Cruz do Sul, a psicóloga Márcia Forster Wazlawik, diz que o projeto foi pensado a partir da existência de recursos destinados a trabalhos de prevenção à violência. “Como trabalhar a questão da violência em crianças dessa idade? Sensibilizando as famílias da importância do desenvolvimento da cidadania e do cuidado, da relação de carinho familiar”, explica. E os livros foram o instrumento escolhido para promover essa interação das famílias com seus filhos. “Por meio do livro, a mãe senta com o filho, mostra as figuras, fala sobre a história”.

O PIM Canguru está presente em comunidades de três bairros de Santa Cruz do Sul: Bom Jesus, Glória e Cristal. A escolha desses locais se deu devido ao índice de vulnerabilidade social e, principalmente, a um número expressivo de crianças entre zero e seis anos – mais de 1,2 mil. Os livros ficam disponíveis para empréstimo nas unidades de Estratégia de Saúde da Família (ESF) e há um cronograma específico de atividades, em que além de disponibilizar a biblioteca, são realizadas palestras, oficinas e contação de histórias.

Os livros adquiridos pelo PIM, com orientação da Secretaria Municipal da Educação e Cultura, são apropriados para a faixa de idade trabalhada: coloridos, com texturas e sons, além dos feitos de plástico, destinado aos menores. Desta forma, é priorizada não só a interação familiar, como o desenvolvimento cognitivo da criança.

Com o auxílio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, é estimulada a responsabilidade social por meio do cuidado da família para com o livro. “O familiar que cuida do livro está cuidando também do seu filho, pois está ensinando para ele que é preciso zelar pelo patrimônio da comunidade”, diz Márcia. O empréstimo é feito por até 15 dias e se não houver a devolução na data marcada, o PIM, junto com o agente de saúde responsável, vai até a casa da família para verificar o que aconteceu. “A visita não é realizada com o intuito de cobrar e sim de tentar entender o motivo de o livro não ter sido devolvido. Se foi extraviado, sugerimos uma forma de cuidar melhor deste material”, exemplifica.

Márcia diz que o projeto vai muito além de oferecer livros através de uma biblioteca. “Por meio do acesso aos livros e da aproximação com a família, a criança recebe valores de cidadania e inclusão e desenvolve sua autoestima. Assim, poderemos evitar problemas futuros, como o envolvimento desse público com drogas”, finaliza.

Ficha Técnica
Título da experiência: PIM Canguru, levando aprendizagem com carinho
Município: Santa Cruz do Sul
Apresentadora do Trabalho: Márcia Rosana Forster Wazlawik
Coautores: Marilene Alves da Conceição, Ivetes Goettert, Maria Elijara Sales

23/07/2012
Fonte: 3ª Revista Cosems/RS
Total de comentários: 0 0 comentário(s) - Clique aqui e seja o primeiro a comentar
 
Confira também:
-
Programa em Vacaria insere medicamentos fitoterápicos em farmácia municipal do SUS
-
Trabalho conjunto entre ESF e escola mantém vacinação infantil em dia em São Sebastião do Caí
-
Verão e saúde são sinônimos em Salto do Jacuí
-
Informatização facilita acesso e traz economia ao município de Osório
-
Atividades desenvolvidas na água auxiliam no fortalecimento do afeto entre pais e bebês em Campo Bom
 

   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
 
Galeria de fotos