Clique sobre a revista para folhear
Receba nosso boletim
Busca
Enviar por E-mail
Comente
Imprimir
Imprimir
 
Compartilhe:
 
Estoques de teste de carga viral são normalizados em todo o Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Os critérios temporários que priorizavam a realização de exames de quantificação de carga viral de HIV em gestantes e em crianças até 18 meses de idade foram revogados nesta sexta-feira (01), conforme Nota Técnica nº 192 emitida pelo Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais (DIAHV). A nota solicita também a normalização do atendimento a todas as pessoas vivendo com HIV que necessitem fazer o referido exame.
 
O exame de carga viral de HIV estava em regime de priorização temporária e em caráter preventivo, desde 30 de maio, em razão do processo de aquisição de uma nova compra que estava em andamento. A aquisição foi normalizada em agosto. Até o momento 91% dos laboratórios da rede de carga viral já receberam os lotes dos produtos, e todas as entregas serão concluídas até o dia 06 de setembro, totalizando 118.296 mil testes. A partir dessa distribuição, as demais seguirão o fluxo normal de distribuição estabelecido pelo Ministério da Saúde.
 
Com esta nova medida, publicada hoje, fica cancelada a nota Nota Técnica nº 119/2017.
 
Os testes de carga viral são realizados a cada seis meses em pessoas vivendo com o HIV, para monitorar a infecção. Em 2016, já foram realizados mais de 550 mil exames em todo o país.
 
04/09/2017
Fonte: MINISTÉRIO DA SAÚDE
Total de comentários: 0 0 comentário(s) - Clique aqui e seja o primeiro a comentar
 
Confira também:
-
Multivacinação já teve a participação de 118 mil crianças e adolescentes no Estado
-
Portaria nº 1.487 remaneja o limite financeiro anual referente à Assistência de Média e Alta Complexidade Hospitalar e Ambulatorial do RS
-
Consulta Pública: Perfil de competências do profissional de vigilância
-
Portaria nº 1.439 defere a Renovação do Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social da Fundação Universitária de Cardiologia do município de Porto Alegre
-
Resolução nº 420/17 reconhece a Ordem de Início de Serviço de Construção da UBS do Bairro Vêneto do município de Vacaria
 

   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
   
 
Galeria de fotos