Clínica é pioneira em atividades de fisioterapia e Reabilitação Cardiopulmonar
Foto: Edilaine Collares/PMSJN

Para melhor atender a comunidade, a Secretaria de Saúde de São José do Norte instalou uma clínica focada em atividades específicas de Fisioterapia e Reabilitação Cardiopulmonar. A iniciativa é pioneira e única no Rio Grande do Sul. Os serviços iniciados em junho de 2010 são referência no município de mais de 25 mil habitantes, localizado na Zona Sul, próximo a Rio Grande.

A assistência atende à demanda local, abrangendo a fisioterapia em todas as suas áreas, especialmente a respiratória. Pretende-se a reabilitação do paciente a partir de um programa contínuo dirigido a pessoas com alguma deficiência, disfunção ou incapacidade, além do auxílio a familiares. A clínica, que só atende usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), também trabalha na prevenção de doenças e conta com uma equipe multiprofissional de especialistas, formada por médico clínico-geral e pneumologista, além de fisioterapeutas, nutricionista, assistente social e psicóloga.

Os cidadãos são atendidos com hora marcada e individualmente ou, em casos específicos, em grupo. De acordo com a secretária de Saúde de São José do Norte, Aline Alves, os usuários com baixo poder aquisitivo também recebem auxílio com o transporte. 

A carência destes serviços na Região Sul do Estado foi identificada em 2010. “Era grande a demanda de pacientes do município que necessitavam de atendimento e eram obrigados a se deslocar até Rio Grande (distante cerca de 8 quilômetros) para consegui-lo”, explica.

Atualmente, a Clínica Municipal de Fisioterapia e Reabilitação Pulmonar (CMFRP) dispõe de equipamentos modernos e de alta qualidade, avaliados em R$ 80 mil, instalados em uma área física de 320m², acolhendo cerca de 40 pacientes por dia, o que significa uma média de oito atendimentos para cada profissional. 

Todos os meses são realizados cerca de 1,1 mil atendimentos. Desde a inauguração até o primeiro semestre de 2013, houve um crescimento de aproximadamente 250% na demanda. De acordo com a gestora, a clínica ainda pretende atuar na prevenção de disfunções posturais e outros agravos à saúde em escolas municipais por meio do projeto “Escola que Previne, Educa”. “Levantar dados que comprovem a importância da fisioterapia em todos os níveis de Atenção à Saúde, especialmente sua inclusão em alguns programas nacionais, como os de controle do tabagismo, da tuberculose e o Hiperdia, também faz parte das novas ações que a CMFRP quer implantar no segundo semestre deste ano”, salienta.

Com a instalação do Polo Naval em São José do Norte, a titular da pasta considera que a demanda será ainda maior, já que, a partir de 2015, o município sofrerá o impacto do aumento populacional. “Pretendemos ampliar os projetos, os serviços e a equipe da clínica em pelo menos 50%”, planeja. A intenção é levar o atendimento a localidades mais distantes. “Com isso, diminuiremos os custos com logística da Secretaria, além de facilitar a rotina dos pacientes que residem no interior ou em bairros de periferia.

Ficha Técnica

Título da experiência: Primeira Clínica Municipal no Estado do Rio Grande do Sul com as atividades específicas de Fisioterapia e Reabilitação Pulmonar
Município: São José do Norte
Apresentador do Trabalho: Aline Soares Alves
Coautor: José Sidney Dias Júnior

Fonte: Revista COSEMS/RS 5ª edição